Agamenon Almeida

A vida é a arte do possível na busca do impossível.

Textos


A LUA E A RUA

Andamos na lua
Moramos na rua
Fomos poetas
Fizemos serestas
Tivemos amores
Criamos rancores
Bebemos cachaça
Fizemos pirraça
No meio da praça
No mundo da lua.

Agora sangrenta
A rua nojenta
Ninguém mais agüenta
Sofrer desse medo
O medo da rua
Sem sonho, sem lua,
Poetas, amores,
Rancores, pirraça.
No meio da praça
Quanta desgraça.

Cadê o ritual
Noite, alegria,
Criação, poesia,
Seresta, segredos?
Sem medo se amava,
Sonhava. Podia.
Porque era magia
Andar pela Rua
Cantar para a Lua
E viver sem ter medo.
Agamenon Almeida
Enviado por Agamenon Almeida em 24/12/2006
Alterado em 03/01/2007
Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras