Agamenon Almeida

A vida é a arte do possível na busca do impossível.

Textos


DIVAGAÇÕES

Acredito até em disco voador
Seja de ferro ou de papelão
Mas eu só quero é andar na terra
Que anda repleta de tanta emoção
 
Já plantei flores e colhi sementes
Mas tanta gente ainda não tem pão
Sou um aprendiz, nada mais que isso
Da realidade que escorre pelo chão.
 
Já fui poeta e não disse nada
Tentei fugir da feroz contradição
Ai quem me dera se a vida fosse
O grande ensaio da percepção
 
Acredito ainda no olhar dessa criança
Cheia de esperanças, que estende a mão
Pedindo paz e um sonho tranqüilo
Porque ainda é puro o seu coração.
Agamenon Almeida
Enviado por Agamenon Almeida em 09/05/2009
Copyright © 2009. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras