Agamenon Almeida

A vida é a arte do possível na busca do impossível.

Textos


UMA RELVA PRA CAMINHAR

De que te adianta olhar o mundo desse jeito
De que te serve viver a vida sem amor
O que disseres, nada será que voz maldita
Que se agita no furor de uma grande dor.

Teu mundo é frio, escuro e tenebroso
Por mais que grites, é pra moucos que tu gritas
Te falta luz, te falta fé, te falta amor
Porque é dor os espasmos que te agita.

Se queres mesmo, algum dia ser ouvido
Abre primeiro a porta do teu coração
Diz pra ele como vives a tua vida
E chora, chora muito, como faz a multidão.

Lava teu peito, lava a alma, lava tudo
Verás surgir em tua boca novo sabor
Encontrarás o infinito a tua espera
Um novo mundo, novo cheiro, nova cor.

Serás feliz, terás um filho e sorrirás
Porque eterno é o mundo que virá
Tudo aquilo que um dia foi construído
Nada mais é que uma relva pra caminhar.

Agamenon Almeida
Enviado por Agamenon Almeida em 12/05/2007
Alterado em 10/06/2007
Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras