Agamenon Almeida

A vida é a arte do possível na busca do impossível.

Textos


JÁ FUI DOMESTICADO

Já fui domesticado
Deixei de ser um rebelde
Pouco importa a chuva
Pois agora de nada serve

Já não ando sozinho
Pouco importa a visão
Um sorriso sem graça
Alegra o meu coração

Já não tenho mais sonhos
Nem se quer pesadelos
Já não procuro por nada
Não tenho mais desespero

Olho para a televisão
Como se fosse um “deus”
Agora sou teleguiado
Com um sorriso de ateu

Encontrei todas as soluções
Não preciso mais trabalhar
Basta deitar numa rede
E pedir para o mundo parar.
Agamenon Almeida
Enviado por Agamenon Almeida em 06/09/2009
Copyright © 2009. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras