Agamenon Almeida

A vida é a arte do possível na busca do impossível.

Textos


PEQUENO POETA




Disseram que a minha poesia
Era pequena e que não tinha valor
Fiquei chateado, mas pensei comigo
Poeta serei, seja lá como for

Pouco importa o que digam de mim
Se tenho ou não quem me faça louvor
Mas afirmo com toda a certeza
Sou poeta, não importa o valor

Disseram ainda que sou quase louco
Loucura carrego, mas não falo em vão
Porque ser poeta é ser quase tudo
Pequeno, gigante, fingidor e doidão.

Mas tenho pena dos que falam assim
Porque eles falam sem nenhuma razão
Pior que não ser um grande poeta
É não ser poeta e não ter coração.
Agamenon Almeida
Enviado por Agamenon Almeida em 02/07/2009
Alterado em 04/07/2009
Copyright © 2009. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras